terça-feira, julho 28, 2009

Entraram os dois e o Quico, que foi o último, deixou a porta aberta. O Pedrola se virou e olhou uma mo­rena robusta, que delícia, os peitos dela são modernos. Charles assentiu com a cabeça, o Derby recém aceso. Aparecia, desfilando no meio do salão, ao lado de uma velha Gianini e uma criança de isopor, uma garrafona de Cynar rebolando cheia de luz. A morena, cheia de malícia e moedas de vinte e cinco centavos, seria a primeira afogada do Pedrola depois de virar evangélico.

No banheiro, Quico tratou de abrir a braguilha, sem pressa. Não esperava que o sol entrasse. Sabia que o último tirinho estava longe - não morreria ali. Não pôde evitar de alternar as narinas.Viu-se feliz, com os pés radiantes, com pão francês nas nari­nas. Chamou o Pedrola como Ozzy chamando o Iommi nos velhos tempos:"paga um strip aí, seu merda".

No dia seguinte, caiu no ouvido da patroa do Pedrola, no pior momento, o da sobrecoxa com feijão, sem­pre desagradável e ameaçador, mais que o prato cheio de fígado e a Caracu quente demais. Ficaram sozinhos, no quarto. Podia ver o atestado de óbito. "Olha Sandrinha, esse povo gosta mesmo de fofocar, eu fui com o Quico jogar sinuca, já te disse." Ela não dizia, fuzilava-o apenas com um olhar inédito. "De vez em quando eu preciso duma bebidinha e..." Ela não suportou isso, essa insolente conversinha: "Eu tô dando pro Quico e pro Charles às terças".

2 comentários:

  1. Por que as novelas da Globo são das 6, das 7 e das 8 se não começam nesses horários?

    ResponderExcluir
  2. to com blog novo e empregado em sp,agora é nóis no role de novo,vagabundo?!!!haaaaaaaaaaaaaa

    http://medosketchbook.blogspot.com/

    ResponderExcluir

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...