sábado, julho 11, 2009


Fábio repetiu: "vinte e cinco". Robertinho se esquivou: "vinte, vinte e quatro no máximo". "Ah, deixa disso Betinho". "Ihhhh, vinte, vinte e quatro." "VINTE E CINCO, PORRA!" Ficou tão puto que engoliu o copo. "Devolve, Fábio." O garçom gentilmente requeriu o americano de volta. "NÃO!".

Além do inconveniente do desfalque, percebeu que acabara de se acomodar na mesa 26 o ex-diretor do colégio Joaquim Salles, o fabuloso e inválido Dimas. Devolvido o copo, o garçom solícito oferece aos dois um cotonete. Robertinho fechou com vinte e cinco então. "Tuuuudo bem. Ela tem vinte e cinco Betinho, é". "Não me chama de Betinho." "Tá legal."

Tudo certo.

Um comentário:

  1. fina garoa distribuindo sorvete
    de fezes, duas bolas
    a tarde de sábado reergue-se, tira o pijama e a fina garoa soa mais como o melhor do Miles

    ResponderExcluir

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...