terça-feira, julho 21, 2009

você poderia explodir todo o desânimo que ronda
o cotidiano dos seus melhores amigos
você é melhor que o pior insulto do boxeador mais experiente
você engoliu a vida. agora ela quer uma revanche

quando você apalpa o céu com o coração, o blues agradece
a felicidade tem um pedal BOSS de eco infalível
não existem erros. existem velhos açougues old school que valem a pena.
cobranças de falta na gaveta me estimulam.
o camarada do vinho boqueta tá de saco cheio de arrependimento
Bowie não sabe o que é uma correia no cripe de Rebel Rebel
o gordão Jimmy Six rodou sete vezes no psicotécnico de Pira
a barba dele é de porcelana belga, suspira gripada a Tininha

o pátio de cimento agressivo é que recebe a involuntária chuva de sucrilhos
enquanto a boneca subpop invade, monta um estúdio de fotografia sem mosquitos
coitadinho, a madruga custou-lhe o mindinho
- curso básico de alemão com capim parcelável
o Brakiara errou, e o litro de VELHO BARREIRO
foi parar no freezer do bar da Estação

já tive o PSICOSEDIN como salva-vidas
mergulhei em pesadelos eficazes em Rio Claro quando mesmo?
ruas desertas não são travesseiros, mas confortam
outros jogam dominó em Acapulco, agora
é? o pão murchão, mas servido, resiste, a Padaria de Charqueada
a linha era cortante, a pipa, o pescoço
do dono da CG viram em desacordo

e o que nos sobra em pequenos segundos sagrados:
eddie murphy gritando ICE CREAM! ICE CREAM!
entre a dor e o caos em noites imperfeitas, amizades inesquecíveis e copos destruidores.



2 comentários:

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...