terça-feira, agosto 04, 2009

Era desses amigos que entram pela miragem boa praça, que invadem os sentidos maneiros mineiros, numa pegada punch bom humor absurda absoluta. No meio do altar, acontece uma pequena fatalidade: o copo quebra; cai o copo, mas ressurge o coração exaltado em gargalhadas inimitáveis. Não há o guardanapo de Hitler por aqui. Fez do caos algo maior ainda a exclamação: "AOOOPA". A angústia virou Toddynho. E ele já sofria dor de barrigosa de tanto rir microfonado, rir ao ver os amigos varrendo o tédio com tanta humildade plus, camaradagem groselha e a filha da putagem costumeira.. Depois que o despertador não tocou, achou o desabafo coisa de fraldinha. No dia seguinte, pela manhã, o velho mestre foi tomar mais outro veneno - sem chance, dúvida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...