quarta-feira, setembro 09, 2009

INSÔNIA SEM SUSPENSÓRIO


Nove da matina e nada de sono. South Park, algumas leituras e lanternas em olheiras série tradition. Sem mais clichês, sem mais oxigênio para peidos da consciência cansada - de sono, não precisando de muletas bélicas com motivos, com guarda-chuva ou paçoca. Espirros? Nenhum. Não há pernilongos na varanda. Os olhos não se vão? não? Tá na hora, nessa de fechar agora. Embora o corpo frite feito bife velho, de boi beldo - vira aqui e ali, sem mais clichês por hoje, a cortina do ronco triunfará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu espero acordes que não desistam de cocainar meu dia, mesmo quando já nasceu morto. Espero notas que não apliquem a tortura do t...