terça-feira, setembro 08, 2009

JANELA 35 NO TARANTINO BAR

Mariones, Moacir, Japa mão de ferro na batera e Vancile: JANELA 35


E rolou um barulho foda lá no Tarantino, em Campinas, na última quarta-feira. O Janela 35 fluiu com muito rum, punch e feeling grunge - e o sonzão subiu ainda mais nervoso, do caralho. Um grande abraço aos saudosos amigos que apareceram por lá. É nóis.



(Abaixo Moacir botando pra fuder com o vocalzão grunge presença que lhe é de praxe)



















Vancile destruindo mais uma vez, pra variar: feeling & punch pós page-beck , com suas inimitáveis microfonias extra-psicodélicas

4 comentários:

  1. Foi uma noite embriagada, a festa claro que era nossa. Entrei naquela espelunca com minha esposa e um amigo, o local estava cheio de almas vazias, pedimos o cardápio e vimos que compensava já pedir uma garrafa de rum logo de cara: nada de ficar esquentando long necks de 7 reais com cara de maionese vencida. Estavamos ouvindo as piores bandas do mundo quando JANELA 35 chega ao local, e entraram pela porta. Apesar de minhas lembranças estarem um pouco embaralhadas lembro de ter ouvido a música do Bush - Machinehead e Quero Ser Um Homem Bomba...
    "Quero ser um homem bomba, explodir os meus pedaços pelo ar"... Hehehe divertido!!!!!
    As "girls" também curtiram muito e poderiam ter curtido bem mais se não fosse aquele segurança pau no cu com cara de "@#$%&*", deixa pra lá, preconceito é foda. Todos vivos pelo menos, que fiquem então de recordações as experiências, as fotos e os vídeos.

    PS: O Bar é uma BOSTA!!!

    ResponderExcluir
  2. Valeu ae pela força Frankin, é o cara - é nóis parceiro! Noite histórica, a memória agradece.

    ResponderExcluir
  3. ah, e valeu também pelas fotos!

    ResponderExcluir

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...