quinta-feira, novembro 12, 2009

MATA RATOS - ROCK RADIOACTIVO







Crássico demais. Um disco português que tem uma puta abertura linda, pra depois apresentar uma letra desse naipe:

xavier

Mata-Ratos

Composição: miguel newton

aí vem o Xavier
toca a fugir
para a desgraça
não nos atingir
ele já nos viu
estamos tramados
vamos passar a tarde
totalmente alucinados

REFRÂO:Xavier é um xato
e a sua prima um carrapato

convidou-nos para um chá
em casa da vizinha
especialmente preparado pela sua prima
o Xavier é coisa pra marar
mas aprima Guilhermina é coisa para matar


a prima Guilhermina é um pesadelo
cheira a bacalhau e não rapa o pêlo
estavamos na cozinha todos a sufocar
tivemos que ir para a rua gregoriar



Bão demais. E daí é só ouvir o resto na maciota pride. Aumente a birosca. Gravado em julho de 1990, é um disco que não para de girar no planeta maionese. Baixa ae, porra.




5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Discografia


    Álbuns
    Mata-Ratos (Demo-Tape, 1989, Raticida Records)
    Rock Radioactivo (1990, EMI Valentim de Carvalho)
    Expulsos do Bar (EP, 1994, Drunk Records/Fast 'n' Loud)
    Estás Aqui, Estás Ali! (1995, Drunk Records/Fast 'n' Loud)
    Xu-Pá-Ki 82-97 (1997, Drunk Records/Fast 'n' Loud)
    Sente o Ódio (1999, Alarm! Records)
    És um Homem ou és um Rato (2004, Ataque Sonoro)
    Festa Tribal (Ao vivo, 2005, Rastilho Records/Compact)
    Novos Hinos Para A Mocidade Portuguesa (2007, Rastilho Records)

    Singles & Splits
    Mata-Ratos/Pé de Cabra/Garotos Podres (1994, Drunk Records/Fast 'n' Loud)
    Bebedeiras e Miúdas Tour 95 (Split EP com Garotos Podres, 1995, Drunk Records/Fast 'n' Loud/Walzwek Records)
    To The East & To The West, Portugal vs. Czchec Republic (Split EP, 1998, Bastard Records/Fast 'n' Loud)
    Crime (EP, 1999, Crânes Blasés)
    Lisbonne vs. Paris (Split com Urban Crew, 2002, Bords du Seine)
    Deus, Pátria e Família (EP, 2003, Rastilho Records)

    ResponderExcluir
  3. como assim "ir pra rua gregoriar"

    acho que isso vai ser incorporado no meu vocabulário , mariones. que tal?

    ResponderExcluir
  4. acho uma boa, totalmente recomendável!

    ResponderExcluir
  5. Anônimo12:55 PM

    obrigado ao dono(s) do blog pois este album é dos bons velhos tempos e vi-me fudido para o achar . ;) um abraço ao pessoal

    ResponderExcluir

Eu espero acordes que não desistam de cocainar meu dia, mesmo quando já nasceu morto. Espero notas que não apliquem a tortura do t...