segunda-feira, novembro 15, 2010

Num dia, o velho pai soube que a filha era biscatíssima. Apareceu, lá, de repentão e viu a filha de cócoras, lustrando as bolas dum rapaz. Perguntou: "Onde está o corno do teu namorado?
E, como uma fera, sumiu, empinando a CG, com o ânus em chamas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu espero acordes que não desistam de cocainar meu dia, mesmo quando já nasceu morto. Espero notas que não apliquem a tortura do t...