sábado, janeiro 15, 2011

DE ROLÊZINHO, CHEFIA


mestre Joey, que transmitiu toda a energia do rock and roll com o coração

De rolêzinho pelo Frolini. Supermercado tranquilo, pra ir de chinelão, comprando  Chá Gelado, uns mindúim picante - e mais outras carambolas of life.

De rolêzinho pela Zoega. De rolêzinho pela História (agora Outras Histórias). De rolêzinho pela Veneza. Os rolês me transformam em sujeitão mais bão pra mim mesmo - e talvez pros outros também, porque não?

***

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu espero acordes que não desistam de cocainar meu dia, mesmo quando já nasceu morto. Espero notas que não apliquem a tortura do t...