quinta-feira, julho 12, 2012

E O PEREIRA FOI EXPULSO...


Muita frescura. Atraso. Parecia um espetáculo para rivalizar com os áureos tempos de Xou da Xuxa. Esse é o Coritiba e sua distinta entrada em campo, de fazer inveja ao Lakers.

Uma falta com dois segundos. Assim começou o jogo: era um palmeirense atropelando o coritibano, ainda antes que secasse a saliva no apito do árbitro. A bola, mera coadjuvante, doara sua posição de destaque para papéis prateados adornarem todo o campo. Aliás, o gramado tinha suas modernidades: profundas poças d'água incrementavam as laterais.









No banco do Coritiba, meus amigos, está o Júnior Urso. Seria ele mais uma opção a ser desarmada pela água? Enquanto isso, Daniel Carvalho constrói passes bobos. "É um juiz ou um operador de telemarketing?" pergunta meu pai, impassível.

E os gols saíram em cobranças de falta. Airton fez um a zero para o Coritiba, aos quinze do segundo tempo. Pouco tempo depois, porém, foi a vez do veterano e homem-referência no sistema tático palmeirense brilhar. Pra mim, o gol foi dele. Pouco importa que o Betinho desviou a bola de cabeça e fez seu primeiro gol com a camisa alviverde. O gol do título, meus amigos, saiu dos pés do capitão Marcos Assunção.

Resultado final: o Palmeiras ganhou uma copa de merda.

Obs: E quem foi o artilheiro da Copa do Brasil? Luis Fabiano, do tricolor, com oito gols.














ao final do jogo, o capitão do Coritiba se exaltou um bocado, e...

Um comentário:

  1. olha a cara de fita na foto.... auhauahuahahuh colocaram uma camisa do palmeiras num cangaceiro da morte....

    ResponderExcluir

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...