sexta-feira, julho 13, 2012

SEXTA-FEIRA NOS ESQUEMAS


Sexta-feira! Sexta-feira nos esquemas...saudades e saudades da amada, saudades da minha DEUSA. Sexta-feira também que transporta-me ao rancho da calma. E de pernas esticadas, a alma curte uma longa e merecida espreguiçada. É que a semana correra afundada em função de tarefas e compromissos. O triste monopólio da atenção responsável. Mas durante os interstícios, houve o blues. O blues caminhando, ora solene, ora taciturno, como de costume. Sexta-feira! Sexta-feira nos esquemas...a formosa noite de sexta...loucos presságios que inconscientes vão revelar o sábado sagrado. Só um leve delírio do sábado já justifica a existência. Então, meus amigos, que ressoe gloriosa nossa sexta-feira, eterna parceira, no coração o sábado armazenado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu espero acordes que não desistam de cocainar meu dia, mesmo quando já nasceu morto. Espero notas que não apliquem a tortura do t...