terça-feira, agosto 21, 2012

OS REGISTROS DO GARRAFA VAZIA

Desde 2009 as demos. Os registros. Os três últimos foram estes. Qual será o próximo? O próximo tem nome: "Pedrerage Sessions". Long live Garrafa !

segunda-feira, agosto 20, 2012

segundona dos corres

feice bruique. feice jovem. feice merda. segundona dos corres!
agora pouco, na Jegue Music, um velhote queixudo com cara de velhote queixudo, quase 'esbarrou' em mim de popósito  ou sei lá, quase rolou uma colisão, na verdade não sei se o vovô bafo de damer fez cara feia, ou se só mostrou sua fuça feia, bom, tudo isso aconteceu enquanto eu retirava tranquilamente meu café na maquininha préza da loja. o copo nem se mexeu, não aconteceu nada. mas eu deveria ter falado: além de velho é sem educação, filho da puta?

quarta-feira, agosto 15, 2012

MAIS UMA MANHÃ DE TRABALHO!



Mais uma manhã de trabalho! Logo mais tem disco novo do Garrafa Vazia na praça! Aopa!


GARRAFA VAZIA EM ESTÚDIO!




Daqui algumas poucas horas voltaremos ao estúdio pra dar sequência no trampo - e em breve vocês poderão curtir essas novas gravações, meus amigos! E uma coisa eu lhes garanto: o registro tá fodão, e representa pela primeira vez o que é de fato o Garrafa Vazia ao vivo!

Vida longa ao punk da roça!

O Garrafa Vazia é:

Ralph Faust (Vadio): bateria
Hebert Nascimento: guitarra na brasa e vocais
Mário Mariones: voz, bass

segunda-feira, agosto 13, 2012

O MÚSICO E A ROÇA

E tem também o dono de bar,lanchonete, restaurante, boliche, frango assado na hora - ah, tem ele também! Ele que prefere pagar uns copos de Pitú para o muito mais rentável e eclético Dedéu e seus teclados. Afinal, é muito mais negócio: num único tecladão CASIO o cortesão Dedéu é capaz de entreter o povo por horas e horas. Slave por natureza, suorzão free, ele leva qualquer canção com acompanhamento e tudo mais, com belo vocais na pastinha cifrada, que inclusive lhe garante toda uma espontaneidade durante a execução de garantidos sucessos. Assim, Dedéu, dispensando a presença de humanos e seus irritantes cachês, gerou enormes sanduíches de mortadela como rara e única recompensa para os famintos músicos da náite. Dedéu venceu, e também aprendeu a discotecar, rugindo o dedinho play em grandes porcarias. E os outros? Ah, os outros tanto faz, que os outros exibam a cicatriz do desemprego estampada no coração. Dedéu não desgruda o CASIO e esnobe, com ares de Fagundes lambe balls dos ladrões de portaria, Dedéu não quer xororô: tanto faz, tanto faz. Dedéu apenas sorri mecanicamente, e despreza o mais puro lamento blues nas esquina do marasmo, onde desoladas almas vagando pelas ruas da velha Rivers ainda ouvem música de verdade.

quarta-feira, agosto 08, 2012

MR RAINBOW SURPRISE / BAD MOON EM PLENA TERÇA


Apenas dê uma melodia ao velho Jeff Beck. Ouça com atenção o fraseado da fera, e eis a inevitável comprovação: o mundo dos sonhos está preso porra nenhuma. Beck faz a ponte entre o irreal e o real. 

E ontem a macacada pirou forte no aniversário surprise para Mr. Rainbow. Pride. Como diz o meu amigo Zanzibar: "tava todo mundo lá". E junto com todos, o clima de animação ultrasambarilóvi ergueu-se again, com todo aquele conglomerado de gírias e assuntos navegando em mares da bacana constância blues em semblantes e abraços, meus amigos. 



***

Mas essa terça-feira desceu melancólica. Dependendo da condição, você dirá que tudo tem seu lado bom. Será? Que moon, essa. Queria dividir uma boa notícia com a dona da lua, mas a bad moon surgiu.Ruídos, chiados na prosa. Excesso de love. Eu queria  mandar uma notícia boa para a musa, mas a musa tem os seus eternos caprichos. Mas e a moon, caiu de vez? Desta despedaçada terça dentro do broken heart, estranhos bends preencheram o aquecimento da insônia, duradoura.




sexta-feira, agosto 03, 2012

MEU PRIMEIRO LIVRO


Meus amigos, caros leitores (se é que os tenho), a questão é simples: lembram-se quando comentei do meu primeiro livro? É um assunto que me incomoda bastante. Ainda não tenho nada publicado no formato físico. Mas dessa vez é pra valer. E eu estou em fase de edição-composição-corrupção deste primeiro livrão, freguesia, e também escrevendo a porra do material inédito está Mário Mariones. E a boa notícia maionese: o trampo contará com ilustrações do grande Jeff Sono!

Serão little storys, historietas porradas, enfim, palavras que cercam e explodem o rádio do meu morfioso universo. Tô feliz pra caralho com o projeto, que agora é mais do que nunca oficial e definitivo. Meu primeiro livro é uma realidade permanente agora.

quarta-feira, agosto 01, 2012

ROCK NA ROÇA

O que me empolga numa cidade ananias são as pessoas. A trutagem é o céu da roça, que resiste ao peso dos dias. Caminhar, caminhar n...