sábado, dezembro 22, 2012

ALVOROÇO NA RUA DOIS COM A AVENIDA DOIS


Saindo da Utilar. Época de natal na velha Rivers. O papo é de esquina, entre mãe e filha. A matrona dispara:

- Vai, atravessa com a rua cheia de caRRo!
- Não começa hein!


E a garota retira o dedo indicador do nariz e atravessa a rua, driblando sem pressa uma Biz amarela.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu espero acordes que não desistam de cocainar meu dia, mesmo quando já nasceu morto. Espero notas que não apliquem a tortura do t...