terça-feira, dezembro 11, 2012

CALOR INFERNAL NA ROÇA


Posto Confiante. Preciso de um café. A única atendente trabalha junto ao computador, dando baixa nos filmes locados. Enquanto aguardo junto ao balcão, um sujeito quarentão acena com a cabeça em minha direção, num cumprimento tipicamente rioclarense.

E então a gordinha atendente lança:

- Vai acertar agora?

Em tempos de calor infernal na roça, a resposta do tiozinho vem de bate pronto:

- Vou acerta agora e inclusive esse sorvete.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu espero acordes que não desistam de cocainar meu dia, mesmo quando já nasceu morto. Espero notas que não apliquem a tortura do t...