quinta-feira, janeiro 10, 2013

OS SIMPLES PRAZERES DE RIVERS

Foi bom você voltar. Cenas de Rivers. O prazer de beber aquele suco presença dentro do calorzão da roça. O prazer de devorar aquela coxinha préza com mágicos arpejos de maionese. Tudo isso com a companhia perfeita. Eu posso senti-la agora mesmo, de sorrisinho lírico aceso . Sim. São os prazeres da vida. Os simples prazeres de Rivers.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu espero acordes que não desistam de cocainar meu dia, mesmo quando já nasceu morto. Espero notas que não apliquem a tortura do t...