terça-feira, junho 04, 2013

HORAS RUIDOSAS I


Enrugada e trêmula, aquela figura era um tomate humano. Um tomate ali, vivo. E deflorado pelo Pipi Maluco. Ela girava amargamente, o tomate. Sai, Pipi. Sai, Pipi Maluco. Um tomate em dolorosa impaciência. Era inútil desvencilhar-se do Pipi Maluco. E com aquele idade, aquilo era muito mais que um mero estupro.

O Pipi Maluco trepava com o tomate.


Já vovó, o tomate repensa, "ah, os velhos tem corações delirantes de angústia" e plófe plófe. Mais curra. Enrugada e trêmula, aquela figura era um tomate podre. Um tomate ali, vivo. 

E então Pipi Maluco cansou-se  da farra e gozou. 

No que o líquido escapuliu-lhe, o tomate caiu morto. Virou uma bolota murcha. Uma bolota podre, esparramada pelo negro asfalto. Era sete horas da noite pelo quente bairro das risadas bizarras. Estávamos em Pepino Hills.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pode apostar, Lindomar

confuso, vagabundo, folgado. louco por futebol e rock and roll, aquele flamejante, conhece? incendiário, de libertação. louco por liter...