quinta-feira, junho 20, 2013

para sempre

Risildo, um sujeito grosso que ia direto ao assunto. Arrombara a faxineira por trás, arrumando-lhe um olho roxo. Três meses passados, e o olho roxo. E depois a córnea, petrificada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...