terça-feira, julho 30, 2013

O RETORNO


O regresso. Após alguns dias em Minas Gerais, ele estava de volta. Ajudei-o a abrir a casa. Então veio ao me encontro. Dei-lhe um beijo no rosto. Ele estava feliz. Eu também. Simpático, atrás do rosto uma onda jovial pulsava-lhe o bom ânimo. Alegre, agora ansiava em arrumar as coisas - enfim, estava ele pronto, de volta ao conforto do lar. Meu velho pai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pode apostar, Lindomar

confuso, vagabundo, folgado. louco por futebol e rock and roll, aquele flamejante, conhece? incendiário, de libertação. louco por liter...