terça-feira, setembro 10, 2013

BEZERRÃO NÓIA

Bezerro nóia, bezerrão encardido podre pelo mato. 

Sem água no corpo,sem refresco é no creme do capeta: a boca mijada, estrangulado num cipó, nos olhos virados das cataratas agonia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ROCK NA ROÇA

O que me empolga numa cidade ananias são as pessoas. A trutagem é o céu da roça, que resiste ao peso dos dias. Caminhar, caminhar n...