quinta-feira, setembro 19, 2013

QUARTA-FEIRA

Ressuscitando o café no microondas. Um escorpião invade tua paz, aquele velho chinelo trabalha violento, a sola brilha como mostarda agora.

Quarta-feira ausente no tempo e espaço. Saudade da minha companheira. 


Porque a tarde fora quase cinza aqui dentro do quarto. Tá certo, paredes não estão na bronca, mas resmungam sem refresco, de temperamento nublado. 


Que tempo esquisito, rapá. Estamos todos tossindo sem fim, entre o seco e o úmido, entre o caos e a camaradagem uma formiga longilínea toma uma ducha dentro da pia azul.

Mas aqui no quarto, com o ar respirado funcionando à base dos discos do Disparo, Ação Tóxica e ASIA (sim!), o espírito ganhou uma consistência agradável frente os silenciosos tanques de guerra. Coisa fina, chefia.




3 comentários:

  1. valeu Tamara! abração, sardade docê! tudo de bão!

    ResponderExcluir
  2. valeu Tamara! abração, sardade docê! tudo de bão!

    ResponderExcluir

pode apostar, Lindomar

confuso, vagabundo, folgado. louco por futebol e rock and roll, aquele flamejante, conhece? incendiário, de libertação. louco por liter...