quinta-feira, dezembro 26, 2013

se você não se alimentar, a inanição solta-lhe um jab no rosto. se você não comer, você não consegue atravessar a rua da diversão, se você não se alimentar numa mastigação sensata, você fica mole e bobóide enquanto a noite aparece vestida para matar - mas você pode se alimentar - comendo umas duas bananas, tomando duas metrópoles de água gelada. enquanto isso, vê a família curtir uma comédia leve na tevê, o horário de verão amplia o bocejo do sol, e você ouve Carnival of Sorts, comecinho do REM. Depois na tela os comerciais aparecem não-agressivos, anunciando os filmes das dez e meia, os filmes de daqui a pouco - e o REM prepara Radio Free Europe pros seus ouvidos baterem palmas e curtirem uns passinhos sincopados na marotagem, é hora de andar de chinelos em alfa na alameda da tranquilidade. não se preocupe com farmácia, contas pra pagar, trânsito, nada disso interfere no presente, hoje a tarde é eterna, clarão triunfante joga sentimental tubaína neste calorzão revigorante, tropical punk repouso parque, caminho sossegadão para os nervos. e mais água gelada, porque tá tudo certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pode apostar, Lindomar

confuso, vagabundo, folgado. louco por futebol e rock and roll, aquele flamejante, conhece? incendiário, de libertação. louco por liter...