sexta-feira, julho 25, 2014

CARO, APERTADO E INCONVENIENTE: JANEIRINHO LANCHES




A pegada do Janeirinho Lanches era esquemão Subway.


Lanche tipo submarino, trip em molhos variados, salada a dar com pau, rúcula no rolê - aquela coisa toda natureba pra apetite de lenhador nenhum botar defeito.



Só que não emplacou.  Faltou carisma e qualidade, basicamente. Uns acusaram de ser "muito caro, porra". "Puta lanche seco do caralho". Outros diziam que o atendimento era "precário por bosta".



- Os caras são mais inseguros que o Thiago Silva em cobrança de pênalti.



O certo é que aquela galera do comando era uma galera de Deus. E meio abelhuda.



Certa vez, um casal desprezou o Subway. Resolveu arriscar. "Vamos testar o janeirinho". Chegaram, acharam o ambiente muito claro, missa das sete. Tá legal, vamos nessa, quanto custa o lanche? Pegaram o cardápio, deram aquela scaneada geral. Efetuaram os pedidos. Então, a Cássia jogava um papo legal com o Dagoberto, enquanto a bóia não saía. 



De trás do caixa, o gerente Lico sacou a movimentação. Ouviu falar em Facebook, Instagram. Quis ser gentil:



- Tem wifi aqui colega...


Os dois cancelaram o pedido. Acharam aquele troço invasivo demais. A Cássia saiu soltando pluminhas. O lugar era pequeno, abraçou o petardo, cheirinho de queijo de cu contagiante.Enquanto isso, duzentas pessoas esperavam por um pedaço de pão na calçada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...