terça-feira, setembro 23, 2014

"QUE GOSTO DE ISOPOR, MEU"


São alegrias da vida. Folia e fome, unidas. 

Das mordidas de arrancar o beiço.

Uma tímida porção de Fabitos fez a fita.

Fez a festa.

Apenas isso e o resto é conversa.

Mas e pra beber?

Pra beber tem suco.

E o sucão é de goiaba, gelado, é o rock refresco, envelope da benção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pode apostar, Lindomar

confuso, vagabundo, folgado. louco por futebol e rock and roll, aquele flamejante, conhece? incendiário, de libertação. louco por liter...