domingo, dezembro 14, 2014

Quando violão e voz tornam-se o início de tudo.

A mesma coisa. O mesmo fim.

Entre Gil e Cash, entre um lá maior Strummer disfarçado em Billy Bragg, o instrumento imortal: seis cordas no coração alma de quem canta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...