quinta-feira, fevereiro 19, 2015

preferências e a morte da elegância

preferências. 

diferente de opiniões. opiniões, o mundo está farto delas.

palpites sobre o futebol, longe da profundidade.

peleja paupérrima quando futebol passa por Marin, Felipão, Murtosa.




peculiares ou não pulam os palpites poupança e pole dance depois durante o Jornal Nacional.

no entanto, voltemos às preferências.

divergências. oposições. é possível dividir posições distintas longe da porrada. é que o mundo matou a elegância. delito. a elegância, ela amanheceu morta passados milhares de ânus de merda ou emagreceu muito e desapareceu, Didi Mocó?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...