sábado, março 07, 2015


No coração, a melancolia. 

Vejo distante e tão perto o caminhante, vagaroso tempo, talvez amaldiçoado talvez demasiado tempo.

Arrastada, nada resgata aquela paz, arrastada, melancolia arrastada, em cada impulso, em cada curva o pensamento vagaroso, dentro da noite, dentro das calçadas eu respiro, languidez, mudez do corpo, a tristeza no peito, melancolia no coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ROCK NA ROÇA

O que me empolga numa cidade ananias são as pessoas. A trutagem é o céu da roça, que resiste ao peso dos dias. Caminhar, caminhar n...