sexta-feira, agosto 14, 2015

sexta-feira

Na garagem quietinhos os gatinhos esperam. Amiguinhos e tanto. Chegamos e a casa cresce- dilata tempo miau, somos esse pézão gigante felizão miau, cheião de cachaça na alma, na veia é alegria total.

Sexta-feira sugere arruaça. Diversão, punk rock, Bruno Lóque enchendo lata. Conhaque brilha no rosto, sexta-feira virou fumaça.


Eu sou de esquerda. Muita gente diz abobrinha segura copo estufa peito gola pólo  bar de caroço, clima de azaração, papo  "ela é muito fauça". Eu não sou assim - eu curto Lima Barreto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OUVINDO HARDCORE E LENDO ESCRITORES BRASILEIROS E DO TIO SAM

As pessoas estão sem coragem.  As pessoas brincam verbalmente nas redes sociais perpetuando o lado cômodo da vida.  Já é uma bela bos...