quinta-feira, março 17, 2016

NOSSA, CARLIN!

Ele se sentou mais sussa, era legal aquele assento. 

Enquanto o mundo saçaricava em hipocrisia labial, ele batia uma papo maroto, ele e sua perna esquerda, os dois tentando ignorar a dorzinha de cabeça. 

Sim, ele tinha cefaleia. E latejante a moringa, ele pegaria o canhão no criado mudo. Ele tinha visto em um filme da sessão da tarde um jeito bacana de mirar e pum: acertou o braço do guarda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pode apostar, Lindomar

confuso, vagabundo, folgado. louco por futebol e rock and roll, aquele flamejante, conhece? incendiário, de libertação. louco por liter...