terça-feira, julho 19, 2016

III ZOMBIE FEST






bicho, domingão é dia de rock.

enquanto muitos encaram uma depressão (justificável ou não), travados na internetzinha, hipnotizados pelas mesmas palavras numa tela, o rock não tá nem aí. 

e ao AO VIVO é outra conversa.

aliás, 2016 tem sido foda aqui na praça. 

rio craro é rock, fí !

sem bairrismo, mas a safra tá linda...

são 190 mil almas, e o rock não morre.

Rio Claro concentra uma porrada de bandas fodas, que mandando som autoral de qualidade, estralam em autenticidade, identidade...


Mas enfim, vamos ao que interessa:

III ZOMBIE FEST

pois é, o domingão foi nessa pegada citada: criatividade e raça, vontade, chapação...

fui pro rock, felizão da vida.

o baile era lá no Tortuga's, casa/pub responsa que tem recebido o fino do estilo. um puta ponto de encontro bacana.



e o Zombie Fest tem tradição.

sempre traz bandas feras pra city, como o I am The Sun, só pra citar uma delas...

o Zombie Fest é contenção.

promove intercâmbio. 

promove encontros concretos.

promove o bailão,

promove o calor da convivência, 

litros de cerva, cigarro, porre, crazy dance, lero e brodagem, pigarro, curtição, e por aí vai, o underground é infinito.



Legal também que o Zombie Fest promove a pluralidade do rock.

metal, punk, é tudo rock cabulosão. 

são agradáveis e diversos estilos se abraçando numa boa.

e,  nessa edição, a turma curtiu:

- Funeral Sex (Rio Claro/SP)
- Spiral Guru (Piracicaba/SP)
- Broken & Burnt (Vitória/ES)


Minha amiga, meu amigo...
Imagine você essa pancada ao vivo:


Virxi!

o rock infernal do Funeral Sex deixou todo mundo doidão...



Teve espaço até prum releitura espacial e delirante de Immigrant Song!

Na sequência, os destruidores:

- Spiral Guru, de Piracicaba/SP
- Broken & Burnt, de Vitória/ES!

E assim o rock estralou na pista de dança, simpatia!


A pegada stoner, o rock setentão de alma bêbada, elegante, saca?

Com aquele groove doidão,  com nuances próprios de cada banda, e no recheio muito punch, muito feeling...


Foi mágico pra dedéu.

Quem não foi, perdeu.

Perdeu uma baita chance de conhecer e viver o fino do rock que tá rolando no Brasa!

Mas você tem uma segunda chance. Aperte o play e seja feliz!

Spiral Guru:



Broken & Burnt:



ROCK NA ROÇA

O que me empolga numa cidade ananias são as pessoas. A trutagem é o céu da roça, que resiste ao peso dos dias. Caminhar, caminhar n...